A gestão sustentável dos resíduos sólidos domiciliares é formada por um complexo mosaico que abarca desde ações de planejamento, escolhas tecnológicas, práticas de monitoramento, capacidades operacionais, ajustes econômicos e legais, bem como a sensibilização da comunidade e inclusão social, todas amparadas através da instituição de política pública que promova a preservação dos recursos naturais e a proteção do clima.

Quando deparamos com a proposta de gestão sustentável de resíduos sólidos temos como foco principal a transferência e adaptação de tecnologias de ponta e respectivos procedimentos para sua implementação, operação e controle para garantir uma gestão de resíduos eficiente e eficaz. Neste viés para fins de desenvolvimento e tropicalização de tecnologias, acredita-se que a promoção do conhecimento técnico é fator mais importante de atuação auxiliando o segmento de Saneamento Ambiental a alcançar novos patamares de competitividade no mercado, face a grande demanda de projetos verificada recentemente e promovendo o desenvolvimento sustentável.

Para fazer frente às multidisciplinares demandas foi patrocinado pelo Governo Federal da Alemanha, através do Ministério Federal de Cooperação Econômica e Desenvolvimento, o projeto Desenvolvimento de capacidades como instrumento de proteção climática e ambiental a partir da gestão sustentável dos resíduos na região de Jundiaí no âmbito do programa NAKOPA tem como diretriz a transferência de know how em gestão sustentável entre os municípios de Jundiai e a região de Lüneburg.

O projeto estabelece 3 eixos centrais: educação ambiental, capacitação técnica e capacitação operacional que se entrelaçam e complementam.

Tal fato se justifica pois a educação ambiental é vista como método para transformação da sociedade, dentro do olhar do desenvolvimento sustentável, funcionando como instrumento de gestão pública, desenvolvido e implementado a partir da colaboração sistemática de todos os segmentos sociais. Neste contexto o projeto se propõe a delimitar uma área de intervenção visando não apenas a realização de diagnóstico para fins de adequação da gestão de resíduos mas também discutir juntamente com a sociedade aspectos de sustentabilidade, preservação de recursos naturais e proteção climática.

O programa de capacitação técnica tem como objetivo treinar, nivelar e aperfeiçoar os técnicos da Prefeitura em temas diretamente relacionados com a gestão sustentável dos resíduos tendo como proposta demonstrar seu impacto nas mudanças climáticas e ainda debater aspectos de logística e gestão integrada, a partir de uma abordagem mista que prioriza tanto a linguagem prática quanto amparada em conceitos teóricos.

E ainda, o programa de capacitação operacional tem como objetivo alinhar o aprendizado teórico com as ações práticas, promovendo discussões entre as instituições quanto aos desafios e soluções que permitam transferir o know how da gestão de resíduos sob a ótica da formação de uma política pública comprometida com a sustentabilidade.

Esta capacitação visa firmar debates que abrangerão as políticas públicas municipais tendo como base as características das tecnologias voltadas para o processamento dos resíduos na forma de fermentação, compostagem, reciclagem e recuperação energética até questões relacionadas com planejamento, execução e operação, bem como gestão customizada e sustentável de resíduos e, ainda, aspectos relevantes para implementação dos projetos tais como educação ambiental, coleta, transbordo e aterramento, sempre observando as tendências e os desafios de uma gestão inovadora.

A promoção da capacitação técnica poderá auxiliar sobremaneira os atores municipais a incutir maior acuidade técnico-legislativa, garantindo assim a proteção ambiental e a viabilidade econômica dos projetos.

O programa NAKOPA juntamente com as demais ações que foram implementadas nos últimos 3 anos, será determinante para a construção de uma agenda ambiental integrada na cidade, sem dúvida, com amplo potencial multiplicador por envolver em ações a comunidade bem como a região e ainda garantir uma plataforma web onde outras cidades do Brasil e a sociedade terão acesso direto as informações desenvolvidas no decorrer do projeto.